terça-feira, 8 de março de 2016

                         


 Folhas de outono


Ai! Folhas de outono
Caem com tanta graça
Pousam com tanto mimo
Até esconde que traz tanta desgraça
Que leva consigo tanto rancor
Soterra tantos momentos de amor

E quando a chuva chegar
Logo tudo se apodrece
Nada irá nos restar

Uma vez foi o tempo quem disse:
"Sou mais forte que você"
Nunca questionei.
É mais forte que o amor, o calor, que a dor
Meu Senhor!

Ah! Como  embebeda-me
O vento que bate sob as árvores
E derrubam as folhas de outono.




                                                   Direitos autorais: Anderson Souza  

Nenhum comentário:

Postar um comentário